Faz hoje 1 ano que perdi a tua companhia
No meu coração, não faz mais tempo se não
O suficiente para esta dor roubar-me a alegria

Parece ter sido a mais de uma existência atrás
Parece ter sido a apenas um dia
A saudade que sinto é tão odiosamente voraz
Que já nem sei ao certo quanto tempo faz

E se me ponho a pensar que o tempo poderia voltar atrás
Percebo que o esforço é inútil e que não sou capaz
Que a realidade é mais idiota do que a fantasia

É como parar para reflectir sobre o que mais causa agonia
É desespero em forma de paz,
Dissimulada e fugaz,
Num coração que já não se lembra do que antes mais o afligia

Não terei novamente o carinho e o alento,
Que tão meu era, que tanto tinha… e que comigo permanecia
Agarrar-me-ei as lembranças, as histórias, as memórias, aos momentos,
Porque é tudo que resta daqueles dias…

E seguirei em frente, sem olhar para trás
E continuarei sem saber ao certo quanto tempo falta,
Quanto tempo faria,
Quanto tempo realmente faz.
E nunca conseguirei dizer: “Adeus! Até nunca mais!”
Céu 0 Comentários | edit post
Gostas?